Blog optimizado para Mozilla Firefox

O MORCEGUISMOS é um espaço inteiramente dedicado aos morcegos e pretende ser um veículo de divulgação e sensibilização. Neste espaço cabe a divulgação de projectos em curso ou concluídos, notícias, e actividades diversas.

Para além disso pretende-se que contribua para uma aproximação do público a este grupo faunístico, e que este público tome parte no aumento do conhecimento sobre morcegos em Portugal, nomeadamente através da informação sobre abrigos de que tenham conhecimento.

No futuro pretende-se ainda criar uma linha de apoio a qualquer assunto relacionado com morcegos, como seja o socorro de morcegos encontrados feridos ou a perturbação de abrigos, entre outros.

Espera-se desta forma dar um contributo importante para a conservação das espécies de morcegos portuguesas.

30 de Agosto de 2008

Morcegos na Web

O Centro Ciência Viva de Alviela, numa parceria com o Público e com a SIC lançaram o Morcegos na Web. Aproveitando a comemoração de mais uma Noite Europeia dos Morcegos o lançamento do site irá acontecer hoje às 19h com transmissão em directo através do canal on-line da Ciência Viva (CvTv).

Para mais informações consultem o site Centro Ciência Viva de Alviela, onde poderão também consultar as próximas actividades relacionadas com morcegos.

"As imagens deste site provêm de quatro câmaras instaladas numa gruta perto da nascente do Alviela, onde vivem cerca de 5000 morcegos, de 12 espécies diferentes.
A gruta faz parte do Carsoscópio - Centro de Ciência Viva do Alviela que – em conjunto com a Câmara Municipal de Alcanena, o Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade e o Instituto Politécnico de Leiria – instalaram o Observatório dos Morcegos Cavernícolas.
Recentemente, a Fundação para a Computação Científica Nacional instalou no local a tecnologia necessária para que as imagens de dentro da gruta pudessem ser transmitidas através da Internet. São essas imagens que agora podemos ver no site Morcegos na Web." (retirado do Morcegos na Web)

Reportagem SIC (30 de Agosto de 2008)

3 comentários:

Gabriel Mendes disse...

Antes de mais, os mais sinceros parabéns ao Francisco por ter criado este espaço e para o qual desejo as maiores felicidades.

O dia 30 de Agosto de 2008, foi mais um dia muito importante para a divulgação, preservação e estudo dos morcegos. Foi também o consagrar de um grande sonho e de muito trabalho de uma grande equipa que consegui colocar no terreno ideias de várias proveniências de forma a ultrapassar as habituais barreiras que se entrepõem entre os sonhos e a obra.
Uma Palavra de apreço para o Olímpio Martins por acreditar, lutar e vencer neste projecto. Mas uma palavra também a todos os outros fizeram realidade o que outrora fora apenas uma utopia.
Falar deste projecto sem falar de Carlos Neves é esquecer que os sonhos precisam de suporte tecnológico para chegarem ao Mundo e passarem do irreal para o real.
Só a visão transversal de dois espeleólogos e de uma enorme crença poderia produzir estes resultados.
Mas há também aqueles que durante anos e anos contribuíram para este conhecimento e para fazer nascer estes sonhos e estas crenças com a força de David contra Golias: Para o Jorge Palmeirim, Luísa Rodrigues, Ana Rainho e todos aqueles que têm criado e alimentado este nosso interesse pelos morcegos, um grande obrigado e muitos parabéns.
Também deve ser realçado os técnicos e responsáveis autárquicos e dos organismos de administração do território, por terem apoiado e suportado este e outros projectos similares.
Enquanto presidente da Comissão Científica da Federação Portuguesa de Espeleologia, congratulo-me pelos resultados obtidos nesta matéria. A todos os que sonharam, desenharam, construíram e disponibilizaram os nossos sonhos, o meu muito obrigado.
Gabriel Mendes

vitor-santos disse...

Poderá ainda o Famorim dotar o vídeo do som original? Enriqueceria imenso o site se o fizesse pois decerto contém informação que na versão muda que aqui colocou se perdeu.
Agradeço que, se for possível o faça.

Famorim disse...

Caro Vitor Santos,

Desde já agradeço por me ter alertado para este pormenor que me escapou completamente. Assim que puder tentarei corrigir esse problema, até lá sugiro que veja a reporatagem através do site da SIC em http://sic.aeiou.pt/online/scripts/2007/videopopup2008.aspx?videoId={989233DA-8051-4EEF-9B3E-E76268DCB60C}